Ingles inteligente

by ichiro xanto (16.05.2017)



Santos disse que começou a aprender inglês quando ainda era jovem. Devia ter uns 12 anos, mas só consegui concluir quando estava na faculdade. Parei e retomei estudo muitas vezes. importante foi nunca ter desistido.

Se não fosse eu dominar a língua, não estaria neste emprego”, ressalta Santos. Na empresa, Santos conversa com os clientes internacionais por telefone e por e-mail, e os recebe para a visita na fábrica. Sempre nos comunicamos em inglês do jerry funciona. Apenas com representantes dos países latino-americanos é que conversamos em espanhol. Mas os contratos são em inglês”, explica.

Os primeiros trinta dias são críticos para aprender um novo idioma. Você precisa pular de cabeça quanto for possível. Eu recomendo muito ir a um país onde idioma é falado se você quiser aprendê-lo em 90 dias. Isso ajudará a fixar aprendizado do idioma na sua mente e permitirá que você se veja rodeado de falantes do novo idioma. Se você puder viajar para um novo país, tente morar com uma família.

Você aprenderá muito fazendo refeições com uma família que abrigue.|Falar inglês fluentemente é indispensável não só na carreira de TI _- é indispensável para qualquer outra carreira na área de gestão executiva ou de aplicação de alta tecnologia. - Lembrar que isto é muito mais do que apenas ler Manuais em inglês_ é falar, entender e interagir utilizando raciocínios e objetividades que idioma inglês permite e exige.

{Desde que se ensina sobre todas as religioes, a titulo de cultura/historia/curiosidade, nao tem problema.

Ensinar sobre as religioes != ensinar a religiao. Se ensine diversidade, que nenhuma religiao eh superior a outra, que ambas partiram de temas similares e se diversificaram, eu concordo. Se for pra ensinar que religiao x” eh caminho, ai sinto muito.|Inglês, querendo nós ou não, é idioma universal. Sou professor e profissional na área de TI e Engenharia é já vi muitas opiniões opostas em relação a importância do Inglês na TI.

Não acho que seja preponderante para atuar na área, porem gera vantagem competitiva no momento da seleção, como já citaram outros colegas nesse forum. Afinal, não adianta ser um excelente técnico, se você não conseguir a vaga ! É verdade que algumas empresas exigem inglês no anúncio, porem após a contratação nunca mais utilizam.

Por outro lado, empresas multinacionais ou com negócios com empresas estrangeiras precisam de profissionais que falam inglês e muitas vezes falar a língua é tão ou menos importante do que compreender a cultura associada a língua. Percebo que algumas empresas dão importância ao pacote cultural de quem estuda outra língua pois isso ajuda no trabalho com os pares além mar.

inglês fluente, assim como outras habilidades como bom relacionamento, organização pessoal, disciplina, flexibilidade, etc... são, cada uma, armas que você tem ou não no seu leque na hora da entrevista. mercado tá cheio de profissional ruim, mas também tem muitos bons. E que pode fazer a diferença na hora H pode ser inglês. inglês fluente pode não ser uma necessidade, mas definitivamente é tanto um PONTO FRACO como um LIMITADOR de opções na hora de candidatar-se às vagas.